Vitória da luta: Ministério da Saúde antecipa vacina para trabalhadores da educação

Toda vida vale a luta!

O Ministério da Saúde divulgou, no final da manhã desta sexta-feira (28), nota técnica (AQUI) que confirma a antecipação da vacinação de profissionais da educação contra a covid-19 e permite aos municípios criarem uma segunda fila por doses, por ordem decrescente de idade a partir de 59 anos, para a população em geral.

Após muita pressão da categoria em todo o país, os trabalhadores(as) da educação – incluindo professores(as) e funcionários(as) – poderão se vacinar a partir da próxima remessa de imunizantes.

O percentual disponível dependerá do quantitativo de vacinas entregues. A luta dos educadores(as) também levou governadores a pressionarem o governo federal pela mudança no Plano Nacional de Imunização.

Na última terça-feira, a Secretaria Municipal de Saúde de Caxias do Sul (SMS), enviou um ofício em resposta à solicitação do Sindiserv pela vacinação dos profissionais de educação (AQUI). Como retorno, o Executivo afirmou que o município segue a linha de prioridades estabelecida pelo Governo Federal (AQUI). “Agora, com esta determinação, esperamos que o município organize a imunização com maior brevidade possível”, destaca a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli.

Estão no Plano Nacional de Imunização  profissionais do Ensino Básico, creche, pré-escola, Ensino Fundamental, Ensino Médio, ensino profissionalizante, EJA (jovens adultos), Ensino Superior público e privado.

Desde o início deste ano, o Sindiserv luta para que todos os servidores que atuam na linha de frente recebam as doses da vacina.

X