Sindiserv auxilia na criação de protocolos de segurança para rede municipal de ensino

A direção do Sindiserv esteve reunida na tarde de quarta-feira (3) com representante da Secretaria Municipal de Educação (SMED) analisando diversos cenários para o retorno das aulas presenciais, além de acompanhar a interrupção das entregas presenciais de materiais nas localidades que apresentam surtos de contaminação pelo Coronavírus (Covid-19). Ainda que a volta às aulas no ambiente escolar não tenha data para acontecer, o Sindiserv quer garantias de implementação de todos os protocolos de segurança para preservação da saúde dos profissionais da educação e da comunidade escolar. Participaram da reunião a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, o diretor de relações com o trabalho, Diames Rogério de Souza Silva, a diretora de educação, Rita Casiraghi e a diretora de comunicação Claudia Detânico Calloni e a diretora geral da SMED, Gláucia Gomes.

O encontro também tratou de temas como a eleição das Equipes Diretivas 2020, os problemas envolvendo o adicional noturno, a necessidade de otimizar as reuniões pedagógicas para escolha de turmas quando houver o retorno e a necessidade de testagens para servidores das escolas.

“Não foi um encontro conclusivo, mas foi importante para sinalizar a necessidade de ter medidas claras. O Sindiserv estuda, desde o início da pandemia, formas de combater a disseminação e compartilha este conhecimento com a SMED, visando sempre o bem-estar dos servidores”, explica a presidente, Silvana Piroli.

A diretora de educação, Rita Casiraghi, reforça a importância do Sindiserv neste contexto. “Foi combinado que será constituído um grupo de trabalho para, a partir das sugestões enviadas à SMED, elaborar um protocolo oficial para as escolas da nossa cidade. O SINDISERV estará representado neste grupo de trabalho”, destaca.

X