Sindiserv sensibiliza comunidade em favor do PA 24h

Sindicato e servidores estiveram reunidos na tarde de sexta-feira (28/09), com a assessoria jurídica do Sindiserv para debater os rumos do sistema público de urgência e emergência, após a noticia extra-oficial sobre o fechamento do Pronto Atendimento 24h (PA 24h). Na manhã de sábado (em frente ao PA 24h) e domingo (em frente ao CES), o Sindicato utilizou faixas, cartazes e panfletos para alertar a população sobre o desmonte do serviço e a possibilidade de a atual Administração fechar PA 24h.

Os servidores utilizaram também as redes sociais para divulgar uma nota de esclarecimento à população:

Nota de Esclarecimento

Os servidores municipais de Caxias do Sul lotados no PA 24h, veem a público para esclarecer (ou denunciar) a população caxiense as condições desumanas em que estão atendendo os cidadãos caxienses.
É de conhecimento de todos que o prefeito pretende terceirizar o Pronto Atendimento 24h, o que só não fez por não ter aprovação população representada pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS), mas o prefeito não desistiu da ideia e para atingir seu objetivo vem sucateando o serviço para justificar a terceirização. Desde então temos trabalhado com redução de funcionários, falta de materiais, além de perseguições e assédios constantes.
A intenção da secretaria de saúde é reduzir drasticamente o número de trabalhadores, de tal modo que coloca em risco a vida das pessoas, pois trata-se de um serviço de urgência e emergência.
Por sermos servidores públicos comprometidos com a população e em respeito a nossa profissão, a qual juramos proteger a vida, seguimos trabalhando sem nenhuma garantia de recebermos, pois foi desautorizado o pagamento de horas extras, com isso e com o número reduzido de servidores o atendimento torna-se inviável, esse é o objetivo do gestor para fechar o único serviço de Urgência e Emergência público da cidade.

X