Em reunião com a Secretaria da Educação, Sindserv debate a reforma da Escola João de Zorzi

Na manhã desta sexta-feira (14/01) estiveram em reunião, por meio da plataforma Google Meet, a presidente do Sindiserv Silvana Piroli e a diretor de educação Olga Neri de Campos Lima, com a secretária de educação Sandra Negrini, a diretora administrativa Sandra Kuhn e o vice-diretor da Escola Municipal João de Zorzi, José Ramiro. A reunião tratou da reforma a qual a Escola João de Zorzi passará e também sobre a necessidade de retomar o protocolo e os pagamentos das licenças-prêmios compensadas.

O Sindiserv ressalta a importância da reforma da escola, mas também pede para que haja esclarecimento aos servidores sobre questões da vida funcional e que devem ser considerados o direito a remoção para os servidores que encontrarem dificuldade para exercer suas atividades no novo local, antes que sejam feitas novas nomeações. A previsão para que as obras fiquem prontas é de um ano.

A secretária não se compromete em tentar locar um prédio próximo ao endereço da escola em reforma. Segundo Sandra Negrini, não é possível onerar os cofres públicos, pois o prédio alugado é no bairro Desvio Rizzo, local que seria inviável para a Escola João de Zorzi, pois ela fica na região norte de Caxias do Sul. A presidente do Sindiserv e o vice-diretor da secretaria conversarão com lideranças da comunidade para buscar alternativas para o aluguel do imóvel.

Segundo Silvana, é importante que os alunos fiquem na localidade onde residem, junto com seus professores, pois eles conhecem a realidade de cada aluno: “Consideramos importante as reformas das escolas e a implantação dos PPCI (Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios). Esse processo precisa ser acompanhado e discutido com a comunidade escolar. E respeitando o direito dos diferentes segmentos envolvidos; pais alunos e professores. E é necessário que os alunos tenham o atendimento o mais próximo do território onde residem, pelo vínculo e conhecimento da realidade”, ressalta Silvana.

X