Conselheiros(as) erguem bandeiras da valorização e defesa da educação

Integrantes do Conselho do Magistério do Sindiserv estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira, 26 de fevereiro, no auditório do Sindiserv para o primeiro debate do ano. O encontro iniciou com a fala da presidente da entidade, Silvana Piroli, sobre as finanças municipais.

Os integrantes do Conselho do Magistério do Sindiserv estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira, 26 de fevereiro, no auditório do Sindiserv para o primeiro debate do ano. O encontro iniciou com a fala da presidente da entidade, Silvana Piroli, sobre as finanças municipais.

Economia Municipal

Com base nos índices apresentados pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), contata-se a existência de margem para pleitear ganhos para os servidores na campanha salarial 2020. “Não há motivos para a Prefeitura dizer que não há dinheiro em caixa. Os gastos com pessoal estão na média de 43%, bastante abaixo do limite prudencial de 51%”, observou Silvana.

Lutas

De acordo com a presidente, ainda existe muito caminho a ser trilhado para barrar perdas de direitos dos trabalhadores. “Cada vez mais as riquezas se concentram em um pequeno número, enquanto grande parte da população sofre. A situação tende a piorar com a tramitação da Reforma Administrativa e PEC paralela, enquanto somos impactados com os reflexos da Reforma Trabalhista e da Previdência”, salientou.

FAPS

A diretora, Rosângela Dalla Vecchia, que integra o conselho fiscal do FAPS debateu sobre situação do fundo realizando um breve relatório das ações realizadas e a mudança da alíquota de contribuição.

Condições de Trabalho

Um dos temas com intenso debate foi a precariedade na estrutura física de algumas escolas da rede municipal, além da falta de recursos humanos, como monitoria, professores falta de avaliação das crianças com AEE, rotatividade de professores nas salas de recursos, além do não fornecimento de mobiliário adequado para educação infantil. “Decidimos encaminhar um documento à Secretaria reivindicando materiais adequados, recursos humanos e espaço para atender as crianças de 4 anos”, afirma Silvana.

Escolha de vagas

Existem critérios para escolha de vagas nas escolas por parte dos professores, conforme relatos estas regras não estariam sendo respeitadas.

Fundeb

A diretora de educação, Rita Casiraghi ressaltou a importância de renovação do repasse de verbas via FUNDEB que se encerra no final de 2020. “Não apenas renovar, mas pleitear o aumento da contribuição”, defendeu. No dia 16 de abril haverá um debate sobre o FUNDEB com a participação do DIEESE e uma palestra da presidente da CNTE, que reforçarão a importância de uma escola pública, gratuita e de qualidade.

18 de março

Foram explicitadas as atividades que acontecerão no mês de março, principalmente o do dia 18 que será o Dia Nacional de Defesa do Serviço Público. Houve a discussão de algumas alternativas para a participação das escolas. Ficou para ser definido junto aos outros sindicatos a forma pela qual será feito esse dia de luta. Foi sugerido e aceito pelo grupo de se fazer a luta pelo FUNDEB também.

CME

O último assunto da pauta foi a escolha do representante do Sindiserv junto ao Conselho Municipal de Educação. O grupo apoiou a indicação do professor Alvoni Adão Prux dos Passos, como titular e o professor Nicolas Meneghetti como suplente.

X