Sindiserv alerta para que crianças não sejam filmadas nas escolas

O Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul alerta para que NÃO seja cumprida a recomendação enviada pelo Ministério de Educação (MEC) de gravar alunos cantando o Hino e a frase de campanha de Jair Bolsonaro (PSL).
A presidente do Sindicato, Silvana Piroli, considera um absurdo o MEC enviar para as escolas um texto, cujo conteúdo faz claramente campanha ao presidente Jair Bolsonaro. “É a politização ao extremo e utilização indevida da máquina pública para a campanha de um governo que ainda não sabe seu papel. As escolas da rede municipal e estadual têm suas coordenações e realizam semanalmente a Hora Cívica com execuçã odo Hino Nacional. Este país tem um histórico de respeitar os seus símbolos, o que deve ser repeitado em PRIMEIRO LUGAR é o seu povo. Fazer imagens de crianças e encaminhar para o MEC, sem autorização dos responsáveis é crime e um desrespeito à escola e às crianças”.

 

X