Servidores debatem APOSENTADORIA e agenda de LUTAS

O Sindiserv reuniu na manhã e tarde desta terça-feira (26/02) representantes dos conselhos do Samae, Magistério, Saúde e Guarda para esclarecer os pontos da proposta de reforma da Previdência de Jair Bolsonaro e os impactos nas vidas dos trabalhadores.

A apresentação realizada pela economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) Anelise Manganelli, apontou os principais prejuízos do projeto que penaliza em especial as mulheres e os trabalhadores rurais.

Os dados exibidos na reunião podem ser acessados AQUI.

Confira também síntese e comentários do DIEESE sobre a PEC 06/2019

DEBATE NOS POSTOS DE TRABALHO

Os efeitos nocivos da reforma da Previdência de Jair Bolsonaro também serão apresentados e debatidos nos postos de trabalho pelos diretores do Sindicato e delegados sindicais. As visitas podem ser agendadas pelo fone 3228.1160.

EXECUTIVO QUER EXTERMINAR O IPAM/SAÚDE

O governo Daniel Guerra na tentativa de acabar com o IPAM/Saúde encaminhou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei Complementar nº 10/2018, que altera os artigos 13,35, 37 e 38 da Lei Complementar nº 298/2007.

– A alteração DESOBRIGA o repasse da contribuição patronal referente os servidores que se desassociaram ao IPAM/Saúde.

– Nós servidores e servidoras NÃO podemos concordar com uma Lei que ocasionará um grande impacto financeito ao IPAM/Saúde. Conforme dados apresentados pelos órgãos municipais, o IPAM/Saúde deixará de receber valor aproximado de R$ 500 mil mensais.

– Eventuais acidentes e doenças de trabalho, continuarão a ser pagos pelo IPAM/Saúde.

– O próprio Conselho Fiscal do IPAM – Saúde, constituido por servidores indicados pelo governo municipal e pelo sindicato, em várias ocasiões, na gestão 2017-2020, nos últimos dois anos, tem se manifestado desfavorável a tais alterações.

– O PLC também não cita como se dará o pagamento devido pela patronal, na ordem de 16,5 milhões (sem considerar multas e juros), atualmente.

– O SINDISERV apoia a realização de uma campanha visando à manutenção dos servidores no plano e ao retorno daqueles que se desfiliaram, reforçando o caráter do IPAM como um plano DIFERENCIADO E SOLIDÁRIO!

Não podemos perder direitos!

AGENDA DE LUTAS

28 DE FEVEREIRO:

18h30 – Assembleia sobre Contribuição Sindical e formas de sustentação

19h45 – Assembleia sobre atualização estatutária

07 DE MARÇO:

8h30 – Votação do projeto que inviabiliza o IPAM/Saúde na Câmara de Vereadores

14h – Apresentação da peça tetral “REVOLUCIONÁRIAS” (Auditório do Sindiserv)

15h – Café e debate

18h – Apresentação da peça tetral “REVOLUCIONÁRIAS” (Auditório do Sindiserv)

19h – Café e debate

08 DE MARÇO:

14h – Atividades em torno do Dia Internacional da Mulher (Praça Dante Alighieri/Câmara de Vereadores/Parque Getúlio Vargas)

12 DE MARÇO

14h – Reunião do Conselho Deliberativo
1. Reforma da Previdência
2. Campanha Salarial:
2.2 Situação Financeira Municipal (Dieese)

18h – Debate sobre aposentadoria com o Dieese

18 DE MARÇO:

17h – Abertura da Exposição dos 30 anos – Sindiserv (Câmara de Vereadores)

19 DE MARÇO:

18h30 – Assembleia Geral sobre a Campanha Salarial 2019 e Reforma da Previdência

Relacionados:

X