Executivo rejeita propostas da Campanha Salarial 2018

O Sindicato dos Servidores Municipais (Sindiserv) recebeu um retorno da Administração Municipal na tarde de terça-feira (10), sobre o ofício protocolado em 29 de março que se refere aos itens da Campanha Salarial 2018. Em resposta, o documento emitido pelo Executivo apresenta negativa às solicitações.

A presidente da Entidade, Silvana Piroli, salienta que somente o fato de não receber a Comissão da Campanha Salarial, representa uma quebra de protocolo já considerada como praxe. “Os governos sempre recebiam a Comissão da Campanha e definiam uma data para o início das negociações. Este comportamento de encaminhar respostas por meio de ofício causa estranheza e significa uma desvalorização do servidor e desconsideração com a Assembleia Geral da categoria”, assinala.

Os 11 itens que compõem as reivindicações dos servidores receberam argumentos negativos. O repasse da trimestralidade, conforme resposta, teria projeto encaminhado ao Legislativo a cada período. A proposta dos servidores era de que o projeto se tornasse uma Lei permanente.

Apesar da atual conjuntura econômica dar sinais de recuperação, o Executivo negou o aumento acima da inflação de 1,5%, o reajuste do auxílio-alimentação e auxílio-creche e o aumento das licenças prêmio, alegando cenário financeiro desfavorável.

Sobre as distorções da Lei 409 e equivalentes, a resposta foi de que o assunto estaria em estudo e que o resultado será comunicado ao Sindiserv quando da sua conclusão. Ao pedido do fim das terceirizações, o Executivo insistiu na defesa da chamada “Gestão Compartilhada”. “Diante do retorno, cabe a nós, enquanto entidade que representa e defende os servidores, a realização de uma nova assembleia geral nos próximos dias para definir os rumos da nossa atuação”, finaliza Silvana.

Relacionados:

Visando proporcionar mais comodidade e agilidade às necessidades de seus associados, o Sindiserv lança o “PORTAL DO ASSOCIADO”, onde já é possível acessar o saldo e os extratos das compras realizadas nas empresas conveniadas.

X