Confira como foi a reunião do Conselho do Magistério

Em reunião do Conselho do Magistério, realizada na manhã desta sexta-feira (14), a direção do Sindiserv e delegados sindicais, que representam as escolas, debateram de forma online os rumos e as ações tomadas pelo sindicato em defesa dos servidores. O encontro foi conduzido pela diretora de educação, Olga Neri de Campos Lima, pela presidente, Silvana Piroli, com a contribuição da diretora de diversidade, Karina dos Santos.

Eleições para conselheiros do FAPS

Candidatos ao Conselho realizaram a sua apresentação. O presidente da comissão eleitoral do FAPS, Rodrigo Varreira, apresentou as informações sobre as eleições que ocorrerão nos dias 31 de maio e 1º de junho, das 8h às 17h, por meio do Portal do servidor (o acesso será com do login e senha já utilizados pelos servidores). A presidente do Conselho do FAPS, Rosângela Dalla Vecchia relatou sobre a importância de eleger servidores comprometidos com a categoria, pois o Executivo indica o mesmo número de conselheiros.

Campanha Salarial

No dia 21 de maio, quando acontecer a posse dos novos delegados sindicais, será debatido o retorno do Executivo sobre os 33 pontos que compõem a Pauta de negociações. Foi debatidos sobre possibilidades para a recomposição salarial por meio da trimestralidade, desde que haja vontade política por parte da administração. Foi criado um Grupo de Trabalho para debater e resolver as distorções relacionadas a cargos e salários causadas pela Lei municipal 409/2012. Veja mais AQUI

31 de maio – Ato Público

No dia 31 de maio, haverá um ato público em frente ao Centro Administrativo Municipal,  a partir das 17h. Além disso é importante assinar o abaixo-assinado (aqui), pressionar os vereadores e vereadoras, usar o selo da campanha nas redes sociais, retirar e usar as camisetas (associados/as do Sindiserv) e se associar ao sindicato, nosso instrumento de luta. As escolas também poderão chamar o Sindiserv para esclarecimento dessas e de outras questões.

Acompanhe as informações:

Sindisnews – Todas as segundas-feiras, às 18h, com transmissão pelo facebook e youtube.

Camisetas – As escolas poderão fazer uma lista dos associados e associadas e o sindicato levará até a escola.

Reforma Administrativa do Governo Bolsonaro: o Sindiserv convoca todos os servidores para fazer a pressão contra a aprovação da reforma, por meio do site: https://napressao.org.br/campanha/diga-nao-a-reforma-administrativa

Casos de Covid-19

O representante do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho – SESMT do Executivo, Rogério João de Araújo sinalizou alguns pontos.

Protocolos: Não há protocolo 100% eficaz e nem imutável. A prioridade é a segurança pessoal – seguir dia a dia os protocolos. Se uma pessoa usar todo o dia os EPIS, o fator de segurança já é eficaz, embora não seja 100%. No entanto, se ela tiver contato próximo com uma pessoa sem máscara, mesmo que por pouco tempo, a eficácia já não existe mais.

Todos documentos da escola, especialmente os vindos das casas dos estudantes, devem ser colocados em quarentena.

O distanciamento de 1,5 deve ser garantido em todos os espaços, inclusive na sala de professores.
Distanciamento entre pessoas.
Muitas vezes a máscara umedece em meia hora e aí não está mais protegendo. Assim que estiver úmida deve ser trocada.

Telefone para requerer as máscaras para as escolas, ou mesmo para outras informações sobre protocolos, 32186051, SESMT.

Após ser constatado o Covid-19, preencher a CAT, será feita uma análise técnica, e o deferimento ou não da CAT pelo médico. O objetivo é fazer o nexo causal. Acidente de trajeto é considerado acidente de trabalho. Na CAT o chefe imediato deve assinar.

Há disponibilidade de máscaras no SESMT e as escolas poderão retirar. Se alguém testar positivo deve comunicar à chefia, à biometria e ao sindicato (que está realizando o monitoramento).

“Nossa organização e unidade fará a diferença neste momento difícil”

 

 

 

 

 

 

X