Reunião presencial do conselho do magistério tratou das lutas do setor

A reunião do Conselho Servidores do Magistério realizada na manhã desta quarta-feira (6/10) foi realizada presencialmente, no auditório da entidade. Conduzida pela presidente, Silvana Piroli, a diretora de educação, Olga Neri de Campos Lima e o secretário-geral, Valderês Fernando Leite, iniciou com a fala acerca da Reforma Administrativa, elegeu o representante para o Conselho de Alimentação Escolar o servidor Jonathan Boeira Rodrigues e para a suplência do Conselho Fiscal do Ipam, a servidora Roselaine Frigeri.  A defesa da Educação de Jovens e Adultos no município foi outro ponto de destaque.

REFORMA ADMINISTRATIVA

A presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, informou sobre os passos mais recentes acerca da Reforma Administrativa (PEC 32/2020) e a participação importante dos servidores na pressão aos deputados. Para participar da pressão, basta acessar o endereço: https://napressao.org.br/campanha/diga-nao-a-reforma-administrativa

VISITA À SEDE CAMPESTRE

Dia 16 de outubro, a Sede Campestre estará aberta para que os não sócios possam conhecer o espaço. Para visitar é necessário estar com a imunização contra a Covid-19, em dia conforme o calendário, e fazer a inscrição por meio do telefone 3228.1160.

CAMPANHA SALARIAL – TRIMESTRALIDADE

O Sindiserv solicita ao Executivo que envie à Câmara de Vereadores um projeto de Lei que permita a recomposição da inflação relacionada à 2020, que já acumula mais de 10% de defasagem salarial, em janeiro de 2021. “A inflação do mercado é muito maior do que os índices que compõe a trimestralidade”, aponta Silvana. Quanto às licenças-prêmio estão sendo liberadas para os servidores da educação.

EJA

A diretora de educação, Olga Neri de Campos Lima falou sobre as ações, dentre elas a fala com o Legislativo, a defesa de que a Educação de Jovens e Adultos (EJA) seja feita pelos profissionais da educação municipal, diante da proposta do Executivo em realizar uma parceria com o Sistema S, mais precisamente o SESI. Olga realizou a leitura de um documento que será encaminhado à Secretaria Municipal de Educação (SMED). A nota pode ser acessada AQUI.  “Isso deveria ter sido discutido com os professores e com a comunidade. Quem ganha com isso? O estudante, que precisa desembolsar mais de R$ 10,00 com o transporte?”, questiona. A entidade disponibiliza um abaixo-assinado para defesa do serviço que pode ser acessado pelo link: https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/prefeitura_municipal_de_caxias_do_sul_salve_a_educacao_de_jovens_e_adultos_eja_caxias_do_sul/?clyhsrb&utm_source=sharetools&utm_medium=copy&utm_campaign=petition-1329934-salve_a_educacao_de_jovens_e_adultos_eja_caxias_do_sul&utm_term=clyhsrb%2Bpo

PRIMAVERA DA DEMOCRACIA

Trata-se do Plebiscito Popular sobre as privatizações no Rio Grande do Sul. A consulta será realizada entre os dias 16 e 23 de outubro, de forma presencial ou online. Para participar, basta clicar no link https://decidimrs.com.br/ . Serão três perguntas que deverão ser respondidas. Acesse o passo a passo AQUI

REUNIÃO COM TITULAR DA SMED

Logo após a reunião com os representantes do magistério, a direção do Sindiserv participou de uma reunião com a titular da Secretaria Municipal de Educação (SMED), Sandra Negrini. O Sindiserv, com o objetivo de tornar mais claros os esclarecimentos, convidou as vice-diretoras que atuam nas escolas que oportunizam a Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Não somos contra aos cursos profissionalizantes, porém, deixamos claro que a educação curricular deve ser feita pelos professores municipais”, destaca, Silvana.

X