Um ano sem PA 24h: Sindiserv luta por portas abertas na Saúde

Flores brancas foram deixadas sobre a escadaria do prédio em respeito aos usuários que deixaram de ser atendidos durante os 12 meses de fechamento

Servidores da área da saúde, integrantes de movimentos sociais e de trabalhadores e representantes do legislativo estiveram juntos com os dirigentes do Sindiserv nesta quinta-feira (17/10), para participar do Ato Público que marcou 12 meses de fechamento do principal serviço público de urgência e emergência, o Pronto Atendimento 24h (PA 24h).

Os manifestantes concentraram-se na praça Dante Alighieri e, apesar da forte chuva, seguiram a pé até o PA 24h, lá depositaram flores brancas, cantaram “parabéns” em frente a um bolo fictício. “Nós queremos um serviço de saúde de portas abertas, que atenda bem a população, feito por servidores concursados. É um ano de descaso com a população que precisa do SUS e merece ser bem atendida”, defende a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli.

 

 

 

 

X