Nota pública: Sindiserv posiciona-se contrário ao processo de militarização das escolas

O Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul manifesta-se contrário ao processo de militarização das escolas municipais, pois entende que fere os princípios constitucionais de escola pública, gratuita, democrática, com igualdade de condições de acesso e permanência, pautada no pluralismo de ideias e concepções pedagógicas.

1) – A imposição aos professores e estudantes concepções de normas e valores da instituição militar, compromete o processo formativo plural.
2) – Caxias do Sul possui uma gestão municipal de ensino democrática com profissionais habilitados e experientes. Esta qualificação foi construída ao longo do tempo, buscando melhorar os índices de aprendizagem.
3) – As escolas municipais devem estar pautadas em uma cultura de paz, que favoreça o diálogo e a compreensão do meio no qual a criança vive e se relaciona.
4) – O Sindiserv esclarece que não é contra a Polícia Militar. A Polícia Militar é uma instituição que tem a sua função bem definida na Constituição e deve ser respeitada, sendo uma de suas principais atribuições o combate ao crime e a atuação como força auxiliar aos demais órgãos de segurança.
5) – Esta proposta, onera os cofres públicos, sendo que o valor poderia ser aplicado em melhorias estruturais e capacitação dos professores.

Por fim, reiteramos a defesa de uma escola pública, gratuita, de qualidade e de gestão dos docentes e profissionais formados e capacitados para esta função.

Relacionados:

X