Conselho delibera por Assembleia Geral em 11 de julho

A reunião do Conselho Deliberativo do Sindiserv realizada na tarde de quinta-feira (28/06), teve como pautas o atendimento e recadastramento do Instituto de Previdência e Assistência Municipal (IPAM), a ocupação da antiga sede do Sindiserv, o pagamento de um terço de férias e horas extras e Campanha Salarial 2018. O encontro finalizou com a deliberação pela Assembleia Geral, dia 11 de julho, às 18h, em frente a sede da Administração Municipal.

Processo de recadastramento IPAM/Saúde
O IPAM/Saúde publicou em 06 de abril um decreto que obriga servidores municipais a realizarem o recadastramento no serviço. O documento comunica a necessidade de apresentar certidões (certidão de nascimento  e casamento atualizada em até 12 meses), inclusive para servidores que não possuem dependentes. Esta exigência de certidões atualizadas está causando transtornos aos servidores, principalmente aos que residiam em outras cidades. As custas com cartório e envio de documentação podem chegar a um valor superior a R$ 250,00, comprometendo o orçamento dos usuários. A direção do IPAM ameaça rescindir os contratos de quem não realizou o recadastramento partir da próxima segunda-feira (02/07), obedecendo a ordem alfabética dos titulares.

Pesquisa sobre serviços do IPAM
A diretora de formação, Roselaine Frigeri, apresentou o resultado parcial da pesquisa informal realizada pelo Sindiserv, que avalia os serviços de saúde prestados pelo Instituto. Para participar, os servidores podem acessar por meio do site: sindiserv.com.br. O resultado da pesquisa servirá de base para a apresentação de um documento que apontará as melhorias necessárias para o serviço.

Antiga Sede do Sindiserv
Referente à antiga sede, foram apresentados os ofícios enviados à Administração Municipal, com um breve histórico do período de construção do espaço, além das medidas a serem tomadas para a recuperação do espaço.

Pagamento de um terço de férias e horas extras
A assessoria jurídica do Sindiserv, representada na reunião pelo advogado Ricardo Bertoncini, esclareceu sobre a morosidade no pagamento das indenizações (envolvendo o Judiciário) e salientou que os repasses dos valores deverão iniciar no mês de julho. “Os pagamentos obedecem um teto de R$ 500 mil/mês, com início da contagem em abril”, salienta.

Campanha Salarial 2018
Apresentado o histórico das negociações em torno da Campanha Salarial 2018,  salientando a necessidade de ganho real em 1,5% acima da inflação (além do repasse da trimestralidade). Definida Assembleia Geral em 11 de julho, às 18h,  para discutir o assunto com o maior número possível de servidores (associados ou não) em frente ao prédio da Administração Municipal.

X