Greve Geral do dia 30 de Junho terá participação dos servidores municipais

Os servidores municipais reunidos em assembleia geral nesta segunda-feira, (05/06) aprovaram, por unanimidade, a continuidade da participação dos movimentos sociais contra as reformas da Previdência, Trabalhista, Terceirizações, Fora Temer e Diretas Já.

A Greve Geral da sexta-feira, 30 de Junho, está sendo organizada por diferentes movimentos sociais, em especial as centrais sindicais e contará com a presença dos servidores da Prefeitura.

A Presidente do Sindicato Silvana Pirolli fez um forte apelo aos colegas frente à gravidade das mudanças que vem sendo propostas pelo golpista Temer e desafiou a categoria a perseverar na luta social, defendendo o fim das reformas e a saída de Temer. “Sozinhos não somos nada, o conjunto dos trabalhadores poderá mudar essa história. Dizer Fora Temer é reafirmar Fora para essas reformas que só prejudicam a classe trabalhadora. Não podemos aceitar”, comentou.

Silvana fez uma reflexão muito significativa sobre a estabilidade que vem sendo muito atacada pelo governo atual.  Segundo ela, a regularidade dos serviços públicos é boa para todos os cidadãos. É a garantia dos atendimentos e o fortalecimento das políticas públicas. “É esse modelo que está sendo atacado”, defendeu.

José Carlos Mattos, servidor das Obras, referendou a fala da Presidente e defendeu que a categoria precisa estar unida para evitar o fim dos direitos de todos os trabalhadores. “Esse é o fim do poço, precisamos nos levantar,” parafraseou.

A categoria deverá integrar-se nas mobilizações preparatórias que ocorrerão a partir dos próximos dias.

Leia mais: CUT

X