Falta de pessoal precariza o trabalho na assistência social

O Sindicato reuniu-se com a Presidente da Fundação da Assistência Social e diretores para discutir sobre as condições de trabalho e recursos humanos, em diferentes setores da Fundação, em especial nos abrigos institucionais.

A Presidente do Sindicato Silvana Piroli, o Secrsoaetário Geral Valderês Leite e o Diretor de Relações do Trabalho Diames Souza Silva representaram a categoria e servidores das casas abrigo do município.  No encontro foram discutidas a falta de pessoal o que tem provocado muitas doenças profissionais pela demanda reprimida de trabalho.

A Presidente da FAS admitiu que existe este problema e revelou que estão buscando resolver através da ampliação das concessões para as casas-lares.

O Sindiserv questionou o encaminhamento feito pela fundação e apontou como alternativa mais viável a nomeação de educações sociais, já que existe concurso vigente. “Nós formularemos um pedido de nomeação de educadores sociais ao Prefeito pois, julgamos essencial para a manutenção e qualidade da assistência social no município,” finalizou Silvana.

X