Sindiserv acompanha discussão do projeto que prevê adequação do piso salarial para Agentes de Saúde e Endemias

Na manhã desta quinta-feira (28/07), a direção do Sindiserv representada pela presidente, Silvana Piroli, o vice, Rui Miguel Borges da Silva e os diretores, Maria Lourdes Back de Lima, Marcelo dos Santos e Rodrigo Varreira acompanharam a primeira discussão da alteração do Projeto de Lei 6.845 de 4 de julho de 2008, que reajusta o piso dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias, conforme a EC 120/2022 publicada em 6 de maio. Com isso, o valor do piso passará de R$ 1.750 para R$ 2.424,00.

Conforme a vereadora Estela Balardin (PT) a valorização destes profissionais que tanto se dedicam à prevenção da saúde da população é merecida. “São eles que estão na ponta, verificando as condições de saúde da população, batendo de porta em porta dos que mais necessitam de atenção básica”, destaca.

Para a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, a busca por melhores condições de trabalho sempre foi uma bandeira de luta. “Buscamos o pagamento do incentivo, de melhorias nos uniformes, abrimos a janela de oportunidade para adesão ao IPAM/Saúde e esta é mais uma luta em defesa dos ACS e ACEs”, ressalta.

De acordo com a diretora de saúde do Sindiserv, Maria Lourdes, o reajuste salarial é um reconhecimento. “Os agentes são imprescindíveis. Estamos ansiosos para que na próxima terça este projeto seja aprovado “, afirma.

X