Campanha Salarial 2019: Delegados mantêm a luta da categoria

Os delegados que representam os servidores municipais estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (05/07) na sede do Sindiserv para debater assuntos importantes da categoria. O assunto principal da pauta ficou em torno da Campanha Salarial 2019, cada um dos pontos foi debatido com a mediação da presidente da entidade, Silvana Piroli.

A Campanha não chegou ao fim

Apesar das dificuldades de diálogo com a administração municipal, o Sindicato mantém a luta pelas reivindicações que compõem a Campanha Salarial 2019. Os encaminhamentos envolvem a distribuição do material da Campanha, visitas aos vereadores salientando as dificuldades de diálogo. Novamente será solicitada agenda com o Prefeito sobre questões envolvendo os servidores.

Resolução das distorções causadas pela Lei 409/2012

O principal entrave para evolução de questões como o plano de carreira, por exemplo, é a necessidade de resolver as distorções causadas pela Lei 409/2012 e suas equivalentes (FAS e Samae). Com a 409 foram criados diferentes cargos para funções já existentes o que representa salários diferentes para a mesma função, gerando descontentamentos, perdas para os servidores e desconforto entre colegas de trabalho. “Devemos superar essas diferenças para poder evoluir. Existe sempre a promessa de apresentar os cálculos, mas até agora nada de concreto”, conclui Silvana.

Intimidação para ocultar irregularidades

Com as constantes visitas aos postos de trabalho o sindicato tem observado o medo dos servidores em denunciar irregularidades. A estratégia de intimidação de servidores não é novidade. Já foi aplicada também por outras gestões para acuar os trabalhadores e ocultar manobras . “A estabilidade no serviço público serve principalmente para garantir a transparência das ações, para que o servidor possa alertar quando algo não vai bem sem correr o risco de perder o emprego. O sindicato está atento a este comportamento”, aponta, Silvana.

Veja as deliberações:

– Apresentar situações de assédio moral sofridas pelos servidores até à Câmara de Vereadores, Líder do Governo e Secretarias, além de apurar as denúncias munidos das devidas provas e encaminhar ao Ministério Público.

– Assembleia na Câmara de Vereadores a ser realizada na 2ª quinzena de agosto

– Campanha educativa sobre o assédio moral

– Confecção de um abaixo-assinado em relação à extinção da Guarda Escolar;

– Assembleia na frente da Prefeitura;

– Solicitar quadro de pessoal nas escolas por questão da falta de novas nomeações (professores de história e geografia) e aumento da carga horária dos professores;

– Criar o conselho das obras

Na defesa da Aposentadoria

O relatório encaminhado pelo Dieese aponta as novas mudanças propostas pelo Governo. O material pode ser acessado AQUI. Como deliberação a entidade optou por confeccionar fitas em defesa da aposentadoria, educação e direitos e mobilizações em frente ao Centro Administrativo Municipal. Aos deputados, o Sindiserv enviará uma correspondência eletrônica cobrando um posicionamento em favor da aposentadoria.

Eventos próximos:

Festa Junina: ocorrerá neste domingo (07/07) das 10h às 16h horas na Sede Campestre do Sindiserv. Haverá diversas brincadeiras, comidas típicas.

Jantar Dançante do Servidor: Será dia 26 de outubro, no salão paroquial Santa Catarina. O valor do ingresso será de R$ 50,00 para sócios e R$ 70,00 para dependentes. O sócio que vender nove ingressos receberá o décimo gratuitamente e quem trouxer três novas filiações ao Sindicato ganhará um ingresso. A comissão de sorteio também foi definida.

 

Relacionados:

X