#14J: Milhares na luta pela aposentadoria, educação e trabalho

Foi um dia repleto de movimentação, as vozes ecoaram pelo Centro e diversos pontos de Caxias do Sul na defesa da aposentadoria, educação e trabalho com direitos e dignidade. O #14J, ficará na memória como o dia da união de forças. Mais de 5 mil pessoas levantaram suas vozes na praça Dante Alighieri nos atos que aconteceram às 11h e 17h.

Jovens, representantes dos movimentos estudantis trouxeram a garra e o entusiasmo, somando-se à experiência e a organização dos sindicatos e centrais sindicais. De cada canto da cidade, integrantes dos movimentos sociais e de trabalhadores trouxeram seus anseios e compartilharam palavras de resistência. Até mesmo a temperatura média de 25ºC, sem perspectiva de frio contribuiu para a presença expressiva de trabalhadores.

Toda a movimentação foi pacífica, sem que fosse registrado qualquer ato de agressão. Os shows protagonizados pela banda Pibes (manhã) e Samuel Sodré (tarde), com repertórios da MPB, embalaram os abraços e serviram de fundo para as trocas de ideias. Nas barracas foram coletadas mais de 800 assinaturas para o abaixo-assinado contra a reforma da previdência.

Para a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, o dia mostrou que a classe trabalhadora está descontente com os rumos que a reforma da previdência está tomando. “O dia simboliza a unidade de quem sabe que a reforma não resolve o problema do país, que a educação de qualidade é importante e que empregos com manutenção de direitos, são essenciais. O destaque foi para os servidores, os trabalhadores da iniciativa privada e a juventude. Diante do brilho no olhar e a sororidade entre os que participaram, tivemos a certeza de que podemos avançar para um país melhor, mais digno que respeite seu povo”, assinala.

Na parte da manhã também foi realizado um ato em frente à Visate e trechos da BR 116 e Rota do Sol, foram parcialmente bloqueados.

Relacionados:

X