Servidores mantém Assembleia em aberto e mobilização permanente pela Campanha Salarial

O Sindicato dos Servidores Municipais (Sindiserv) de Caxias do Sul esteve reunido no final da tarde desta quinta-feira (03/05), em frente à antiga sede, para debater com a categoria sobre a Campanha Salarial 2018. Como encaminhamento, a categoria decidiu que os servidores se reunirão em seus locais de trabalhos para repassarem a seus colegas sobre a atual situação das negociações da Campanha Salarial. Além disso, a Assembleia ficou em aberto podendo ser convocada a qualquer momento a critério do Sindicato e da comissão de negociação.

Conforme a última reunião de negociação com a Administração municipal ficou definido que o repasse da trimestralidade, será realizado anualmente, no entanto o governo nega-se a conceder um reajuste de 1,5% acima da inflação, alegando que o recolhimento previsto neste ano não se concretizou. Esse argumento foi refutado pelo Sindicato através do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE).

De acordo com o DIEESE houve um aumento de 20,3% de arrecadação de Imposto Sobre Serviços (ISS) em comparação com o mesmo período em 2017. Os servidores buscam o diálogo com a Administração para que através desse aumento de 1,5%  acima da inflação seja possível recuperar o poder de compra. Quanto às distorções da Lei 409, a Administração alega que ainda não conseguiu concluir os estudos e que assim que puder dará seu parecer.

Durante a Assembleia, a servidora e membro da Comissão da Campanha Salarial, Simone Becker Ferreira, convocou todos os servidores a participarem e lutarem por seus direitos. “A atual administração preocupa-se mais com o acúmulo de dinheiro do que oferecer um serviço público de qualidade à população. Não podemos nos conformar com o argumento de que estamos com nossos salários em dia. Isso é o mínimo que eles tem que fazer”.

A presidente do Sindiserv, Silvana Piroli defendeu a unidade da categoria é uma ampla mobilização para evitar perdas. “Os prefeitos passam. Todos eles passaram, mas nós permanecemos 30 anos no serviço público, mais 30 anos aposentados, por tanto, nós dedicamos uma vida inteira ao serviço público, e é em respeito a isso que nós precisamos fortalecer a nossa luta e a nossa história, começar uma grande mobilização nos locais de trabalho, lutando e reivindicando os nossos direitos,” finalizou.

 

Relacionados:

Visando proporcionar mais comodidade e agilidade às necessidades de seus associados, o Sindiserv lança o “PORTAL DO ASSOCIADO”, onde já é possível acessar o saldo e os extratos das compras realizadas nas empresas conveniadas.

X