Conselheiros decidem intensificar lutas

A reunião dos Conselhos realizada nesta sexta-feira, dia 15 de dezembro, reuniu os servidores para debater questões de interesse coletivo. A necessidade de união entre os servidores públicos e intensificação de lutas foram os pontos principais do encontro.

O debate iniciou com a apresentação das ações realizadas no decorrer de 2017 e dos vídeos que fazem parte da campanha “Sem servidor não há cidadania”. “Eles ajudam a mostrar para a sociedade a importância do trabalho do servidor em  tudo o que envolve o coletivo da cidade”, destaca a presidente do Sindiserv, Silvana Piroli.

Logo após a diretora de saúde do Sindiserv, Fernanda Borkhard, apresentou um estudo contendo dados e números que confrontam os argumentos da administração municipal para justificar a terceirização do Pronto Atendimento 24h (PA24h). Conforme os dados, a privatização dos serviços significa a redução na oferta de atendimentos e aumento dos custos.

A falta de investimentos na Farmácia do IPAM e possíveis falhas administrativas também foram apresentadas pelos servidores. Da mesma forma, foram colocadas as situações envolvendo as terceirizações das atividades de acolhimento da Fundação de Assistência Social (FAS).

Ações imediatas como o fortalecimento da campanha permanente de mobilização e resistência, entrega do abaixo-assinado contra as terceirizações no Gabinete do Prefeito e uma cópia para o Conselho Municipal de Saúde, e  intensificação de publicidade alertando a população sobre os riscos das terceirizações dos serviços, serão colocadas em prática ainda nesta semana.

X