Servidores protestam em plenária do Conselho Municipal da Saúde

Os servidores do Pronto Atendimento 24h (PA24h) participaram em massa da plenária do Conselho Municipal da Saúde (CMS), realizado nesta quinta-feira (23.11), no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Vestindo as camisetas do Sindiserv com a frase “Nenhum direito a menos”, os participantes sugeriram que o assunto da UBS+ e terceirizações fossem discutidos somente após as eleições, considerando o período eleitoral de novos conselheiros que ocorre entre os dias 05 e 17 de dezembro.

O presidente do CMS, Paulo Cardoso Alves, não acatou a sugestão. “São assuntos bastante complexos, as votações do programa UBS+, às terceirizações e as eleições, por isso, seria importante que fosse debatido e realizadas as votações após as eleições. Como o CMS tem funções deliberativas, normativas, fiscalizadoras e consultivas, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros da SMS, uma votação precipitada implicaria em grandes prejuízos para a população”, explica a integrante do CMS, Fernanda Borkhardt. O encontro foi finalizado sem atingir seu objetivo que era a aprovação do regimento das eleições do CMS.

O Sindiserv esteve representado durante a reunião, por meio do seu departamento jurídico.

X