Justiça do Trabalho mantém decisão sobre greve dos médicos em Caxias

Tribunal Regional do Trabalho manteve decisão que impede que Sindicato dos Médicos represente profissionais do município em greve

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª região (TRT4) manteve, por unanimidade, a decisão de primeira instância que impede que o Sindicato dos Médicos represente os profissionais do município em greve, sob pena de multa. Os 11 desembargadores votaram pela rejeição do recurso do sindicato, e mantiveram a decisão do final do mês de abril da Justiça do Trabalho de Caxias, que atende a um pedido do Ministério Público do Trabalho. O advogado do sindicato, Lauri Romário Silva, afirma que a entidade vai recorrer da decisão ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). As informações são da Gaúcha Serra.

Em outra ação, que tramita no Tribunal de Justiça, a prefeitura de Caxias pede que seja decretada a ilegalidade da greve dos médicos. No início de maio, a desembargadora Matilde Chabar Maia negou pedido liminar do município. O mérito da ação ainda não foi julgado. A greve dos médicos passa de dois meses em Caxias.

Fonte: Pioneiro

X