Biblioteca do Sindiserv bate recorde de retiradas de livros

Em 18 dias, 19 livros são retirados por servidores municipais sócios na Biblioteca da entidade, importante espaço de cultura e formação, que não tinha muitas adesões.

O Sindiserv iniciou o processo de descentralização da Biblioteca, que antes funcionava exclusivamente no 4ª andar da entidade, à portas fechadas e com poucos acessos de retiradas.
A entidade entende que a modalidade de espaço aberto, onde a partir de março, os livros foram espalhadas pelo sindicato, no térreo, no hall do 4ª andar, espaços de circulação de servidores dando a visibilidade necessária para que a categoria tenha conhecimento da existência de serviço disponível aos sócios.

“Acreditamos que o livro é conhecimento e somente tem validade se compartilhado entre as pessoas, de nada adianta termos um espaço com excelentes bibliografias sem que as pessoas tenham acesso a eles, ”comenta Rodrigo Varreira diretor de Cultura da entidade.

A técnica de enfermagem Roselene de Souza Vargas, há 16 anos sócia, desde sua entrada na Prefeitura, diz que essa nova modalidade de biblioteca é excelente. “Adorei, sou rata de livraria, retirei dois livros e renovei outros dois, em quinze dias. Agora, os livros estão mais visíveis e de fácil retirada para todos que vêm ao sindicato. Antes era tudo centralizado e muita gente nem sabia da existência dela,” comemora.

O Sindicato estará ampliando ações com escolas e sócios para que o espaço seja otimizado, através de aulas de contação de histórias e outras atividades.

biblioteca-sindiserv-1
biblioteca-sindiserv-2
X