EJA será tema de encontro entre Sindiserv, Conselho e Secretaria da Educação

A Secretária da Educação Marina Matiello assumiu compromisso de reunir Conselho Municipal de Educação, comissão de professores de escolas e Sindiserv para tratar das mudanças do EJA em Caxias do Sul. O encontro ocorreu no final da tarde de segunda-feira, 20 de março, na SMED, após pedido do Sindiserv.

Na ocasião, a presidente do Sindiserv Silvana Piroli relatou as preocupações dos professores do EJA apresentados na semana passada, em reunião na entidade. Segundo ela, as equipes das escolas que têm Educação de Jovens e Adultos do munícipio estão apreensivas caso, esse público tenha que ser transferido para o diurno e não mais ser atendido à noite.

Silvana Piroli pediu à Secretária maior critério nesta análise, de modo que os estudantes de EJA de 14 a 17 anos não fiquem sem escola e que o prazo de transição seja maior do que o proposto pela SMED, até final de 2017.

Não podemos excluir esses alunos, que já passam por situações de vulnerabilidade social. Quem sabe um prazo de transição estendido até final de 2018, para que todos os agentes sociais possam juntos avaliar as reais condições de educação; de funcionamento das escolas; dos profissionais que atuam na EJA. A criação de uma rede de apoio eficaz a esse grupo, com psicólogo, psiquiatra e um intercâmbio maior com as UBS do município também esteve em pauta,” destacou Silvana.

Também foi solicitado pelos participantes, pedido ao Ministério Público para ampliação do prazo de transição e não fechamento das turmas de EJA, que excluíriam um público juvenil de 14 a 17 anos.

X