Conselho da Guarda debate demandas da categoria

Os integrantes do Conselho da Guarda Municipal do Sindiserv estiveram reunidos na última sexta-feira (28), com a presença do diretor da GM, Jeferson Ricardo Vargas.

Os integrantes do Conselho da Guarda Municipal do Sindiserv estiveram reunidos na última sexta-feira (28), com a presença do diretor da GM, Jeferson Ricardo Vargas. No encontro, foram debatidos temas como o reenquadramento da Guarda Municipal e a diferenciação de cargo. Também entrou na pauta de discussão as sindicâncias contra os servidores. “Verificamos que a maior parte dos processos de sindicâncias contra servidores da GM foram arquivados. Notadamente as reclamações eram pessoalizadas, representando perseguição por parte da antiga gestão”, reflete o diretor de relações com o trabalho do Sindiserv, Diames Rogério de Souza Silva.

O Sindiserv, por meio do Conselho da GM encaminhou ao Ministério Público, em 2019, um documento no qual realiza denúncias sobre possíveis irregularidades na Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Proteção Social (SSPPS). Após a avaliação do MP,  foi indeferida a instauração de inquérito civil, sugerindo uma sindicância para averiguação, por entender que é de cunho administrativo.

As falhas do atual sistema de rádio utilizado pela GM, também entrou na rodada de discussões. Por fim, foram apontados os requisitos mínimos para instalação de postos de trabalho para a GM, inclusive destacando o mobiliário e equipamentos. Na avaliação de Silva, o encontro foi positivo, na medida em que são feitos os acompanhamentos e percebe-se o andamento de reivindicações como melhorias das condições de trabalho e defesa dos direitos dos servidores.

X