Professoras que atuam em bibliotecas poderão ter aposentadorias especiais reconhecidas

Um encontro realizado na tarde desta terça-feira, (13/06) trouxe esperança às professoras municipais que atuam nas bibliotecas das escolas municipais. Uma luta de mais de 10 anos, na busca do reconhecimento de aposentadoria especial para as professoras que desempenham esta função poderá ter um desfecho positivo. No dia 29 de junho, às 16 horas, acontece novo encontro entre Prefeitura, integrantes e Sindiserv que, segundo o Prefeito Daniel Guerra será para uma posição definitiva, de reconhecimento e dentro da legalidade.

A reunião teve a participação da Presidente do Sindiserv Silvana Pirolli,  integrantes da Comissão de Bibliotecárias, Secretária de Recursos Humanos e Logística Vangelisa Lorandi, o Presidente do IPAM André Wiethaus e o Procurador Geral Leandro da Rocha de Souza.

O assessor Jurídico do Sindicato Luciano de Medeiros esclareceu que o Tribunal de Contas orientou de que para o reconhecimento deste direito às bibliotecárias, a Prefeitura precisa adequar as palavras específicas para que os professores que atuam nas bibliotecas estejam inclusos na função de assessoramento pedagógico e passem a ter direito à aposentadoria especial.

Relacionados:

X