Servidores terão ponto facultativo no Carnaval

O Sindiserv esteve reunido com o Executivo e Legislativo municipal no final da tarde desta terça-feira (26/01), para debater o ponto facultativo no período de Carnaval, (dias 15 e 16 de fevereiro) e na quarta-feira de Cinzas até o meio-dia (17 de fevereiro). A presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, defendeu a concessão do ponto facultativo como medida de enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19) que deste modo poderá auxiliar na redução do fluxo de pessoas nas ruas, além de conceder uma pausa merecida aos servidores que atuam na linha de frente desde o início da Pandemia.

Também participaram da reunião no Centro Administrativo, o prefeito municipal Adiló Didomênico, o vice-presidente do Sindiserv, Rui Miguel da Silva, a diretora de saúde, Maria de Lurdes Back de Lima, a vice-prefeita Paula Ioris, as secretárias de Saúde, Daniele Meneguzzi, de Governo, Grégora Fortuna dos Passos, e de Recursos Humanos e Logística, Daniela Reis, o presidente do Legislativo, Velocino Uez e a diretora-geral do Legislativo, Fernanda Paglioli.

“O ponto facultativo sempre foi concedido aos servidores, é claro que os serviços essenciais continuam em atividade, porém em regime de escala”, explica Silvana. O chefe do Executivo, Adiló Didomenico disse que os serviços essenciais e básicos da população serão mantidos. “Não quisemos tomar uma decisão unilateral, tem muitas questões a serem avaliadas aqui. Os serviços básicos serão mantidos, inclusive a vacinação, caso a cidade receba novas doses naquele período”, finalizou o prefeito.

A decisão deverá ser publicada em diário oficial.

X