Magistério: Sindiserv exige respeito e reconhecimento

Servidores são esperança em meio ao caos!

O Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv) repudia a falta de sensibilidade do vice-prefeito municipal, Édio Eloi Frizzo. Em entrevista à rádio Caxias na manhã desta segunda-feira (15/06), sobre a mudança na cor da bandeira (vermelha) por parte do Governo do Estado, ele utiliza como exemplo os servidores da área da educação, que estariam ‘em casa’ há três meses e, por isso, frequentariam shoppings centers em companhia dos filhos, aumentando a disseminação do Coronavírus (Covid-19).

Queremos ressaltar que neste período, os professores e profissionais de educação estão em trabalho domiciliar e também presencial. Eles, assim como todos os servidores municipais estão buscando formas de desempenhar sua missão, mesmo com tantas barreiras a serem transpostas, como a falta de modernização da estrutura por parte do Executivo e a necessidade de utilização dos recursos próprios.

Temos a certeza que, mesmo em formato de teletrabalho, planejar, preparar e propiciar o saber considerando as peculiaridades de cada estudante não é tarefa fácil e demanda mais tempo e cuidado que em situações normais. As preocupações vão muito além do ensino, fazendo com que trabalhem e contribuam com os estudantes cujas famílias estão em situação de vulnerabilidade social.

Neste tempo de pandemia as áreas essenciais envolvem necessariamente os servidores públicos, portanto, dirigir-se à nós, requer respeito e reconhecimento. Esperamos que o Sr. vice-prefeito faça a devida retratação da sua fala.

X