Dicas de leitura para as férias! Aproveite para retirar exemplares gratuitamente no Sindiserv

É época de férias e nada melhor que a companhia de um livro para  aproveitar o descanso. O Sindiserv possui um acervo com mais de mil livros  que podem ser retirados gratuitamente pelos sócios. Basta apresentar o número da matrícula e o título escolhido. Nessa época, especialmente, o prazo de devolução se estende até o mês de fevereiro, assim o livro emprestado pode ir em suas viagens com você. Confira alguns títulos:

1. A culpa é das Estrelas

Autor: John Green

Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

2. O centauro no jardim

Autor: Moacyr Scliar

No interior do Rio Grande do Sul, na pacata família Tratskovsky, nasce um centauro: um ser metade homem, metade cavalo. Seu nome é Guedali, quarto filho de um casal de imigrantes judeus russos. A partir desse evento fantástico, Moacyr Scliar constrói um romance que se situa entre a fábula e o realismo, evidenciando a dualidade da vida em sociedade, em que é preciso harmonizar individualismo e coletividade. A figura do centauro também ilustra a divisão étnica e religiosa dos judeus, um povo perseguido por sua singularidade.

O centauro rememora sua vida desde o nascimento em Quatro Irmãos, passando pela juventude em Porto Alegre, onde se casa com Tita – também centaura -, até chegar ao Marrocos, onde o casal vai tentar um cirurgia que os transforme em pessoas normais.

Depois de inúmeros percalços, Guedali acaba voltando para São Paulo e o desenlace desconcertante de suas lembranças completa com profundidade essa narrativa provocadora.

3. A verdade de cada um

Autora: Zibia Gasparetto

Elisa é uma mulher apaixonada pelos três filhos e o marido. Eugênio, seu esposo, é seduzido por outra mulher e decide abandonar a família, embalado pelas ilusões da paixão. Ela fica desesperada e envolve-se em um acidente. Eugênio se vê sozinho com os filhos e começa a perceber que a vida tem seus próprios caminhos para colocar tudo em seu devido lugar.

4. Memórias de minhas putas tristes

Autor: Gabriel García Márquez

“No ano de meus noventa anos quis me dar de presente uma noite de amor louco com uma adolescente virgem. Lembrei de Rosa Cabarcas, a dona de uma casa clandestina que costumava avisar aos seus bons clientes quando tinha alguma novidade disponível. Nunca sucumbi a essa nem a nenhuma de suas muitas tentações obscenas, mas ela não acreditava na pureza de meus princípios. Também a moral é uma questão de tempo, dizia com sorriso maligno, você vai ver.”

5. As Valkirias

Autor: Paulo Coelho

Em 1988, Paulo Coelho e sua mulher, a artista plástica Christina Oiticica, passaram quarenta dias no deserto do Mojave, em busca de uma das mais importantes experiências místicas do ser humano – a conversa com o Anjo da Guarda. As armadilhas do deserto, o processo mágico da canalização, os conflitos do casamento, a simplicidade da busca, o surpreendente encontro com mulheres que já tinham visto seus anjos – tudo isto faz de ‘As Valkírias’ um livro dirigido àqueles que estão procurando criar e participar de um novo mundo.

A motivação para essa experiência no deserto veio dos estudos de Paulo Coelho sobre o mago Aleister Crowley, que realizou a mesma experiência com sua esposa no Egito para escrever o Livro da Lei. O encontro com o Anjo da Guarda é uma das experiências mais importantes para um Thelemita, e Paulo Coelho foi associado a essa sociedade no passado.

X