Servidores votam pela continuidade da contribuição sindical

Em Assembleia Geral, realizada na noite desta quarta-feira, 28 de fevereiro, a grande maioria dos servidores votou pela continuidade da contribuição sindical, com o objetivo de manter a luta dos trabalhadores. A Assembleia iniciou com a fala da presidente do Sindiserv, Silvana Piroli, defendendo a necessidade de fortalecer a entidade para assegurar os direitos dos servidores. “Continuaremos no caminho de respeitar os espaços democráticos da categoria e defender nossas conquistas. Nenhum direito a menos”, declarou.

O diretor Financeiro do Sindicato, Marcelo dos Santos, apresentou a média de custos fixos da entidade traçando um paralelo com a arrecadação. “A transparência das atividades financeiras é também uma marca do Sindiserv. Tudo que já foi construído pelo Sindicato representa a soma da contribuição de cada um. Não é possível manter a estrutura e a firmeza no combate sem a ajuda de todos”, salientou.

O ex-presidente da entidade, João Dorlan Silva, defendeu a contribuição, salientando que a construção da atual sede social foi por meio da contribuição sindical, além de diversas outras ações em benefício dos associados, durante sua gestão.

Logo após, foi exibido um vídeo contendo depoimentos de servidores e algumas matérias divulgadas na imprensa sobre a presença da instituição na defesa de classe. Foram 11 pronunciamentos em defesa da contribuição e uma fala contrária.

A primeira votação foi para definir pela continuidade ou não da contribuição. A maioria optou pelo sim. Em seguida, entrou em questão a proposta de manter a contribuição apenas para servidores não associados ao Sindicato, que foi rejeitada. Por fim, foi discutido o parcelamento da contribuição em duas vezes. Permaneceu a proposta de desconto em parcela única.

X