Distorções salariais, condições de trabalho e Reforma da Previdência são discutidas pelo Conselho da Saúde

Os servidores da saúde apresentaram suas pautas específicas em reunião dos novos conselheiros do Conselho da Saúde do Sindiserv. O encontro realizado na tarde de segunda-feira, 27 de março, contou com a presença de cerca de 20 profissionais do Sistema Único Municipal (SUS), iniciou com a discussão sobre a reforma da Previdência e a preocupação dos servidores com a repercussão de desmonte dos direitos da classe trabalhadora, que poderá afetar inclusive o funcionalismo público.

Na ocasião, o grupo também discutiu às condições de trabalho em todos os serviços de saúde da Prefeitura; as distorções provocadas pela Lei 409, da administração Sartori que precisam ser revisadas pela atual gestão e aumento e maior transparência de informações do número de licenças prêmios compensadas e as concedidas. Também foram temas de debate, as reivindicações dos agentes comunitários e de endemias que aspiram direitos funcionais semelhantes ao servidor público devido à natureza de suas atribuições e funções desempenhadas no SUS.  As demandas da saúde deverão ser apreciadas pela Assembleia Geral do dia 29 de março.

X