Cerca de 10 mil pessoas participaram dos atos de protestos contra a Reforma da Previdência

As manifestações contra a Reforma da previdência foram um sucesso de participação. Na tarde de quarta-feira, a Júlio de Castilhos e depois a Sinimbu foram tomadas pelos movimentos sociais organizados de Caxias do Sul. Sindiserv participou ativamente, desde a organização até os manifestos da madrugada, na Marcopolo, durante a manhã na Praça Dante Alighieri e Caminhada pela Júlio e Sinimbu.

Servidores do município, estado, união, sindicatos de professores, Correios, policiais civis e militares, fórum de mulheres, estudantes e comunitaristas demarcaram seus descontentamentos com a proposição do governo Temer em promover mudanças na Previdência Social, de cortes de direitos como a ampliação da idade mínima para aposentar-se; inclusão dos servidores no regime único de previdência; o fim da aposentadoria especial para professores e outras categorias. As mudanças atacarão direitos de todos os trabalhadores e as mulheres serão as mais prejudicadas.

Não é a reforma é o Fim e gritos de Fora Temer foram ouvidos durante todo o dia.
A presidente do Sindiserv Silvana Piroli estava muito satisfeita com a participação dos servidores e sociedade em geral. “Nossos colegas ouviram nossos apelos, muitas escolas pararam suas atividades hoje. A gravidade da situação da classe trabalhadora deverá unir à todos, do setor público e CLT, pois perderemos muito se essas reformas neoliberais passarem pelo Congresso,” finalizou.

X