Reforma da Previdência unifica movimentos sociais

Sindiserv participou de plenária estadual sobre o tema

A diretoria do Sindiserv participou na manhã desta terça-feira, 21 de fevereiro, de uma plenária estadual de mobilização da CUT, em Porto Alegre, em defesa da unidade dos movimentos sociais contra a Reforma da Previdência, defendida pelo Governo Temer.

Sindicalistas do Estado deverão promover diversas atividades de mobilização (veja abaixo), a exemplo do que vem ocorrendo em todo o Brasil na tentativa de sensibilizar o Congresso Nacional na rejeição da nociva proposta Temer de Reforma da Previdência e seus impactos na vida da classe trabalhadora. O aumento da idade mínima para se aposentar, o tempo de contribuição e outras tantas mudanças poderão estrangular os trabalhadores de todos os setores e promover ainda mais miserabilidade entre a população brasileira.

A presidente do Sindiserv Silvana Piroli conclama os servidores e sociedade em geral a estarem ativamente nas atividades de rua que estão sendo programadas para impedir que o governo impeça os cidadãos do direito de aposentar-se

Só tem um jeito de superarmos essa crise, é ocupar as ruas, as praças para impedir essas mudanças que novamente mais prejudicarão as mulheres, os trabalhadores do campo e os professores. “Não existe Reforma da Previdência, existe o fim da Previdência”, comentou.

Programação:

  • 8 de Março – Atividades do Internacional da Mulher serão integradas às mobilizações do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência – local – Praça Dante Alighieri
  • 15 de março – Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência – Locais diversos – Praça Dante Alighieri.

Para mais informações sobre as proposições da reforma acesse: http://cutrs.org.br/jornal-especial-contra-reforma-da-previdencia/

Relacionados:

X