Cresce movimento em defesa da Farmácia do IPAM

O SINDISERV participou na manhã desta quarta-feira, 01/02, da abertura dos trabalhos do ano legislativo 2017, que contou com a presença do Prefeito Municipal Daniel Guerra, de representantes de funcionários da Farmácia do IPAM e Sindicato dos Comerciários. Na ocasião, as entidades reunidas manifestaram repudio a indicação do IPAM pelo fechamento da Farmácia.

A diretoria do SINDISERV esteve presente reiterando sua posição já manifestada publicamente em todas as mídias sociais. “Somos contra a venda da Farmácia do IPAM, ela é saudável financeiramente, dá lucro e cumpre importante função para os servidores municipais de apoio a compra de medicamentos de toda ordem e atende com maestria a comunidade caxiense, defendeu Silvana Piroli, Presidente do SINDISERV.

Os vereadores concederam espaço para funcionários manifestarem sua opinião. Segundo eles, a Farmácia do IPAM não faz uso de recursos públicos para a realização de suas atividades e seu funcionamento é feito exclusivamente com valores provindos das receitas geradas por essa organização. Referente à transformação da Farmácia do IPAM em sociedade anônima, orientação do Ministério Público, destacaram que a alteração de personalidade jurídica foi aprovada pela Câmara de Vereadores, em maio de 2013. Mas, devido às questões burocráticas e mudanças de legislação não permitiram a conclusão deste processo, que encontra-se em andamento.

Caso essa medida seja oficializada pelo prefeito cerca de 90 funcionários perderão seus empregos e traz a incerteza quanto ao fornecimento de medicações a categoria, visto o histórico de credibilidade comercial que a Farmácia do IPAM possui.

Assessoria de Imprensa

X