SINDISERV apresenta demandas funcionais à Secretaria de Recursos Humanos

A diretoria do SINDISERV esteve reunida na tarde desta terça-feira, 24/01, com a Secretária Municipal de Recursos Humanos e Logística Vangelista Lorandi e sua equipe. O encontro foi para reafirmar o diálogo e trazer as demandas da categoria.

A Presidente do Sindicato Silvana Piroli destacou a necessidade dos servidores terem representatividade na comissão paritária para discutir a Lei 409 aprovada no Governo Sartori que criou cargos e salários. “Essa lei trouxe várias distorções funcionais na Prefeitura. Existem muitos profissionais com as mesmas atribuições e salários diferentes, isso precisa ser revisado”, comentou Silvana.

Vangelista comprometeu-se com a elaboração de um cronograma de reuniões e com a formação de uma comissão paritária formada por representantes de todas as categorias e setores.

A secretária aproveitou o encontro para relembrou que a administração atual reconhece o SINDISERV como representante de todos os servidores municipais.

Também esteve em pauta, o não reconhecimento dos professores que atuam nas bibliotecas, realizam apoio pedagógico e atividades de docência e que não tem aposentadoria especial. Silvana fez todo um histórico da situação vivenciada por muitos destes profissionais e, cobrou da administração a agilização de respostas aos processos administrativos e judiciais, em curso para que os mesmos passem a ter direitos iguais, de aposentadoria especial como todos os professores em atividades de docência ou apoio pedagógico.

A Secretaria disse que o tema deverá ser agilizado e que deverão analisá-lo em comissão específica, envolvendo as secretarias de Recursos Humanos e Logística, Educação, PGM e SINDISERV.

Por fim, o SINDISERV apresentou o interesse em selar parcerias diversas em prol da saúde e lazer dos servidores, utilizando o espaço físico da antiga sede do SINDISERV. “O local pode ser usado para preservar nossa história e promover o bem estar de todos. Podemos realizar programas como ginástica laboral, oficinas e até mesmo a estruturação de uma biblioteca,” finalizou Silvana.

Assessoria de Imprensa

X